Ninguém gosta de se sentir com o intestino preso, fica uma sensação de inchaço, e até o humor fica alterado.

A prisão de ventre ou intestino preso são nomes dados a constipação intestinal, um distúrbio na hora de evacuar.

Quem tem essa alteração somente vai ao banheiro de 2, ou menos vezes por semana, e possui muitos outros incômodos.

Os sintomas que são percebidos logo no início são desde inchaço, dor no abdômen, sensação de estômago cheio, entre outros, que vão aparecendo ao longo do tempo.

Sintomas

Apesar de algumas pessoas acharem que tem o problema, o intestino preso acomete a quem não evacua diariamente, o conceito de normalidade vai de três vezes por dia, a três vezes por semana.

Os sinais mais comuns para esse transtorno são: Distensão e dor abdominal, excesso de força para eliminar as fezes, quando há sangramento, e sensação de insatisfação, ou seja, você vai ao banheiro e mesmo assim continua cheio.

Causas do intestino preso

O principal fator para esse problema de intestino preso é a falta de ingestão de fibras, depois vem acompanhado pelo consumo excessivo de produtos industrializados ou pela insuficiência de hidratação, o recomendado para consumo é de 2-3 litros de água por dia.

Mas outros fatores contribuem para o problema, como o hipotireoidismo que abaixa a produção de hormônios, e com isso o intestino sofre.

Os analgésicos do tipo opioides, que são usados em pessoas que controlam uma dor crônica ou passaram por uma cirurgia também podem influenciar na dificuldade de ir ao banheiro.

O sedentarismo e consumir em excesso carnes, também podem fazer ter uma constipação.

Há outro fator que muitas vezes não é notado quanto ao intestino preso, e ocorre quando não atendemos as necessidades de evacuar nos momentos oportunos, comprometendo assim o funcionamento de nosso organismo.

Uso de laxantes

O uso de laxantes indevido podem irritar as mucosas e gerar uma lesão, dessa forma o organismo fica tolerante e só funciona com mais purgantes, virando um vício.

Medicamentos para depressão

Os medicamentos para depressão podem afetar também, pois eles comprometem a transmissão dos nervos que deixam o intestino preso.

Os antiácidos

Os antiácidos de hidróxido de magnésio costumam constipar e provocar o desconforto, já os de hidróxido de alumínio vão soltar.

Doenças

A doença do intestino irritável envolve alterações no funcionamento e podem provocar a constipação ou acometer a diarreia.

Gravidez

Devido às gestantes passarem por muitas alterações hormonais, e também haver a pressão do bebê no órgão, essas modificações fazem com que nesse período da vida da mulher ela tenha o intestino preso.

Diabetes

A diabetes pode causar a chamada neuropatia diabética, que prejudica os nervos que transmitem impulso, impedindo que os responsáveis pela evacuação trabalhem regularmente.

Suplementos alimentares

O uso de suplementação alimentar errada, sem orientação, pode possibilitar esse problema, pois são estimulados excedentes níveis de cálcio e ferro, deixando o organismo mais lento.

Dicas para um bom funcionamento

  • Beber muita água – Fibra insolúvel segura muita água, e geralmente quem consome muitas fibras não se lembra da necessidade de consumir bastantes líquidos, e o intestino fica constipado. Para isso deve tomar até dois litros de líquido por dia.
  • Comer alimentos probióticos – Aqueles que contêm bactérias benéficas para o organismo, elas trabalham a favor da digestão, e minimizam a formação de gazes, facilitando a eliminação do bolo fecal.
  • Abusar das fibras solúveis – Elas são encontradas nas frutas, como maçã, morango, verduras, aveia, polpa de maracujá, leguminosas, e nos farelos. A ação delas regulariza o trânsito no intestino.
  • Fibras insolúveis – Elas estão presentes em grãos integrais, na soja, no farelo de trigo, e fazem o trânsito intestinal trabalhar de modo eficiente.
  • Fazer caminhada – a atividade é uma espécie de massagem para o órgão, que estimula seu funcionamento. Dar uma caminhada de trinta minutos todos os dias é um incentivo para ficar bem.
  • Não espere quando der vontade – Segurar o anelo de ir ao banheiro pode ser perigoso, pois é retida a água das fezes e ocasiona um acúmulo, dificultando a eliminação.
  • Mastigue – Quando apenas engolimos a comida, o organismo sofre para diluir depois. O processo de digestão começa na boca, quando mastigamos bem os alimentos não sobrecarregamos o organismo.
  • Respire profundamente – Além de auxiliar no combate ao estresse, o movimento de entrada e saída do ar, promove uma massagem interna nos órgãos, e pode ajudar e muito em casos de intestino preso.

Ficar atento para essas dicas é garantia de ter uma qualidade de vida melhor, o desconforto provocado pelo intestino preso é estressante e prejudicial à saúde. Portanto, cuide-se bem!

Ainda não tem um programa de emagrecimento?

Semana Detox

Técnica para Perder até 4kg em 5 Dias e Desintoxicar completamente seu Corpo.
São 4 E-books e Vídeo aulas mostrando o passo a passo do Processo.

São 8 Sucos e a combinação perfeita de como utiliza-los com a mais eficiência.

Clique no Vídeo logo baixo!

Dieta detox – Cardápios e dicas para emagrecer. Saiba como funciona