Ela estraga o visual e até o humor de qualquer beldade: a celulite. Os famigerados furinhos na pele, que perturbam principalmente as mulheres, mas também podem surgir nos marmanjos.

Dependo do grau desse problema, ela fica visível mesmo sem pressionar a região afetada. Um verdadeiro terror que compromete bumbum e pernas, e faz muita gente se esconder na canga durante o verão.

Pensando nisso, hoje vou falar sobre como deixar seu corpo mais lisinho e bonito. São dicas de alimentação e tratamentos para você conquistar curvas de tirar o fôlego. Xô, celulite!

 Como acabar com a celulite: conheça os alimentos antifuros

Nem sempre combater a inflamação nos tecidos significa gastar rios de dinheiro com procedimentos caríssimos. Com mudança de hábitos, especialmente na dieta, é possível reduzir bastante ou eliminar de vez a celulite.

Para você se livrar desse incômodo, aqui estão alimentos poderosos, verdadeiros heróis na guerra por bumbum e coxas mais lisos:

  • Alga: fonte de iodo, evita flutuações hormonais ao equilibrar o trabalho da glândula tireoide.
  • Shiitake: contém mais lentinan do que todos os outros cogumelos. Essa substância ajuda a reforçar o sistema imunológico e a diminuir o processo inflamatório.
  • Maçã: é rica em pectina, uma espécie de fibra que neutraliza as toxinas existentes no organismo.
  • Missô: essa pasta de soja fermentada é uma excelente fonte de probióticos naturais, que auxiliam no funcionamento do intestino, além de ajudar a desintoxicar e desinchar.
  • Lima-da-pérsia: ideal para limpar o sistema linfático e desintoxicar o fígado.
  • Castanha-do-pará: contém selênio – antioxidante poderoso contra o envelhecimento celular.
  • Folhas verde-escuras: fornecem clorofila, melhoram a circulação e contribuem na eliminação de impurezas do corpo.
  • Azeite de oliva extravirgem: combate os edemas típicos da celulite graças à sua ação anti-inflamatória. É ainda mais eficiente quando associado ao azeite de linhaça.
  • Arroz integral: favorece a digestão do açúcar e o funcionamento do intestino porque contém fibras, vitaminas do complexo B e minerais (magnésio e cromo).
  • Aveia: traz silício em sua composição; reorganiza as fibras que sustentam a pele e previne a formação dos furos inflamados.

Saiba mais sobre os furinhos que prejudicam seu visual

Talvez muita gente não saiba, mas essas rugosidades na pele podem ser consequência de alergia alimentar. Isso mesmo! Os maiores vilões por trás desse transtorno são os produtos com proteína de difícil digestão, como o glúten, pois apresentam maior potencial alergênico. São eles:

  • Soja
  • Pães, massas e biscoitos com glúten
  • Leite e derivados
  • Frutos do mar (camarão, marisco)
  • Clara de ovo
  • Chocolate ao leite (por causa do leite e não do cacau)
  • Cerveja e chope (por causa da cevada)
  • Amendoim

Pele lisa – e linda: os cremes funcionam?

A verdade é que, sozinhos, os cremes não fazem milagres, não emagrecem ou substituem uma cirurgia plástica. Infelizmente…

Agora, se você já viu aqui como cuidar da alimentação e está firme e forte na academia, eles podem sim ser uma boa opção para tratar a celulite nos graus 1 e 2, aqueles mais superficiais.

Já nos casos mais avançados, os cosméticos são aliados em procedimentos estéticos realizados nos consultórios.

E você quer reduzir o aspecto “casca de laranja” exige uma ação multidisciplinar, pois ela tem diversas causas: alterações hormonais, retenção de líquidos, má circulação, flacidez e gordura localizada.

Com aplicação de produtos tópicos, é possível ter melhoras na textura, hidratação e relevo locais, suavizando os danos causados pelas inflamações.

A nova geração de cremes, então, conta com ativos que estimulam a quebra de gordura, a circulação e a firmeza da pele. É o máximo!

E o bom é que essas “poções mágicas” estão cada vez mais agradáveis de usar, com fácil absorção, e sem aquela sensação de corpo melecado, sabe? Não tem desculpa para abandonar os mimos com o corpitcho, hein! Bye-bye, celulite!

Cuide-se e até a próxima!